Conecte-se

Inscreva-se

Canelo Álvarez vence Daniel Jacobs por decisão 1

Boxe

Canelo Álvarez vence Daniel Jacobs por decisão

Velocidade e capacidade defensiva do mexicano provaram-se ser demais para Daniel Jacobs.

Finalmente podemos dizer que Canelo Álvarez venceu uma decisão que não foi carregada de nenhuma polêmica. Canelo foi dominante durante a maior parte do combate e venceu Daniel Jacobs por uma tranquila decisão unânime e se tornou também campeão da IBF, adicionando mais um cinturão para sua coleção que agora possui 4 títulos. O mexicano é atual campeão da WBA, WBC e IBF dos médios e também campeão da WBA (super) da divisão dos super-médios.

A luta iniciou muito bem para Canelo Álvarez, que levou tranquilamente 5 dos 6 primeiros rounds do combate, cortando ângulos de forma magistral e trazendo a luta para a curta distância, fugindo dos golpes retos do longo Daniel Jacobs (1,85 de envergadura). Jacobs lutou com muita cautela e por muitas vezes parecia frustrado por não encontrar a distância e nem a cabeça de Canelo Álvarez, que se esquivava com agilidade. Jacobs não encontrou um ritmo de ataque nos rounds iniciais, mas a luta não estava tão mal pra ele quanto os comentaristas do SporTV descreviam. Ouvindo somente os comentaristas do SporTV parecia que Canelo conseguiria um nocaute a qualquer momento, o que não é verdade.

Jacobs tomou a suspeita decisão de lutar como canhoto durante boa parte dos rounds, tornando-o ainda menos efetivo. Quando lutava como canhoto, Jacobs acertava alguns golpes com a mão da frente, mas sua potência deixava de ser ameaça para Canelo, que avançava de forma ainda mais destemida. A impressão que a luta deixava era de que Jacobs só não queria ser nocauteado. Os melhores momentos de Jacobs foram a partir do oitavo assalto, nos momentos em que Canelo sempre diminui o ritmo em praticamente toda sua carreira. Jacobs acertou uma duríssima esquerda em Canelo no nono round, mas o atual campeão triplo absorveu o golpe da maneira que um campeão deve fazê-lo.

Números finais do combate mostram que Canelo Álvarez acertou mais Daniel Jacobs e também foi mais preciso, conectando 120 golpes potentes contra 89 de Jacobs e também conectando 68 jabs contra 42 de Jacobs. Números totais do combate mostram que o mexicano venceu a luta com 40% de precisão em seus golpes contra meros 20% de Jacobs. No final, os juízes (supreendentemente) pontuaram de maneira correta o combate, com dois juízes marcando 115-113 para Canelo e outro marcando 116-112 para o mexicano.

Canelo revelou seus planos para as próximas lutas: o plano “A” é enfrentar Demetrius Andrade e unificar a divisão dos médios, mas Demetrius Andrade já tem luta marcada para junho. O plano “B” é subir novamente para os super-médios e enfrentar outro campeão dessa divisão, como Callum Smith e Caleb Plant. O plano “C” é enfrentar novamente Gennady Golovkin, que é a luta que os fãs mais querem ver. Golovkin foi o único lutador que fez Canelo passar por sérios apuros nas últimas lutas e discutivelmente ganhou os dois confrontos. Canelo e De La Hoya não parecem muito interessados em um terceiro combate, mas é possível que aconteça se houver dinheiro o suficiente. Se Golovkin não for o oponente, espere um longo reinado de Álvarez nos médios.

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

Repórter e Colunista da seção "O Veredito" pela MMA Inside."Aquele que hesita está perdido."

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

error: We love you