Conecte-se

Inscreva-se

dossie-jones-final-os-bastiores-do-poder

Especial

Dossiê Jones – Final: Os bastidores do poder

Após os fatos serem evidenciados e provados, nesta última parte do nosso especial nós emitimos nossa opinião sobre as decisões que foram tomadas pela USADA, UFC, comissões atléticas da Califórnia e de Nevada referente à Jon Jones.

dossie-jones-final-os-bastiores-do-poder

Após entendermos todo o caso envolvendo o ex-campeão Jon Jones e todo o seu passado de infrações dentro e fora do âmbito esportivo, nós também pudemos também avaliar as decisões feitas pelas encarregados da situação, a saber:

1. A Comissão Atlética do Estada Nevada (NSAC);
2. A Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC);
3. A USADA;
4. O UFC.

O que nos foi mostrado nesse caso, foi uma incrível mudança de logística para todos os lutadores que irão participar do card somados a um prejuízo inicial de US$ 5 milhões de dólares, aumentados por uma insatisfação gigante do público americano e internacional que planejaram passar o fim de semana em Las Vegas e agora ou voltarão para suas casas reembolsados, ou partem para gastar um pouco mais em hotéis e viagens até o Sul da Califórnia.

As perguntas que nós estamos nos fazendo bem provavelmente devem ser as mesmas que você, amigo leitor, pode estar fazendo agora após ler e entender todas as circunstâncias referentes ao ocorrido. Juntos, vamos tentar respondê-las e assim emitirmos nossa opinião se Jones recebeu ou não uma “aliviada” para poder lutar.

PORQUÊ DANA WHITE “COMPROU” ESTA BRIGA A FAVOR DE JONES?

As palavras oficiais de Dana, ao ser questionado, foram:

“Não existe ninguém tão f*dido na história do UFC do que Jon Jones. Vamos ser honestos, ok? Quando você tem um cara como Jon Jones, quantas pessoas você acha que vão colocar sua reputação, a reputação do UFC, a reputação da Comissão Atlética do Estado da Califórnia, a reputação de Jeff Novitzky, a reputação da USADA – a lista continua – a linha para um cara que tem um história tão ferrado quanto Jon Jones? Todos aqui e todos que acabamos de mencionar aqui 100% acreditam que Jon Jones é inocente. ”

“Você sabe que não tenho medo de cancelar uma briga. Eu não vou mover a po*a de um evento inteiro para Los Angeles porque precisamos de Jon Jones para lutar no sábado por causa de dinheiro, ou que precisamos… parem com essa m*rda. Jon Jones treinou para essa luta. Gustafsson treinou para essa luta. Essa luta precisa acontecer nessa divisão. Essa luta deve acontecer, e isso vai acontecer porque ele não fez nada de errado. ”

Pelas palavras de Dana, concluímos que ele faz o que deve ser feito em prol do atleta. E mesmo um atleta com um histórico tão problemático como o de Jones será defendido, uma vez que ele entende que Jones não cometeu nenhum ato ilegal desta vez.

NOSSA OPINIÃO

O discurso de defensor dos pobres e oprimidos de Dana não cola. Por todas as atitudes que já teve em sua carreira como gestor, Dana White e toda a diretoria do UFC já deixaram bem claro que a meta do UFC é alavancar o evento de todas as maneiras possíveis, seja usando um Conor Mcgregor, quebrando a janela de um ônibus, machucando pessoas ou usando a figura de um “bad boy” como sempre disse que Jones era ou permitindo que Khabib saia do Cage e comece uma briga generalizada na platéia. Não existe nada que Dana White não consiga explorar e veicular para um público cada vez mais sedento de situações e bastidores, no melhor estilo live-action WWE. Tudo isso é muito interessante e vende. Por mais triste que seja, vende.

Entender a necessidade de marketing e mídia que o UFC precisa alavancar, de tal forma que justifique seu valor mediante patrocinadores como ESPN, METRO PCS, etc, é extremamente importante para julgar as ações que o chefão realiza. Nada ou ninguém irá impedir que White capitalize sobre sucessos ou tragédias de lutadores-celebridade. 

Ranking-ppv

A diferença gigantesca de ter um card com Mcgregor e um card sem Mcgregor.

Um card sem Jones e Gustafsson não faz sentido. Simplesmente não faz. E Dana deixou isso muito claro quando mudou mundos e fundos para levar o UFC 232 a Califórnia. Lembramos ao leitor que o único lutador capaz de ultrapassar a barreira do US$ Milhão de vendas em PPV é Conor Mcgregor. Sem Conor, o UFC passa por altos sofrimentos para vender um evento. Retirar Jones e Gustafsson de um card seria a garantia de fracasso. Simples assim.

A DECISÃO DAS COMISSÕES DE NEVADA E CALIFÓRNIA

Fica aqui registrado os nossos parabéns para a Comissão de Nevada, que apesar de não ter tempo para avaliar o caso, reconheceu que algo aconteceu e que é necessário verificar. Em Janeiro, Jon vai encarar a xerifada do deserto.

Pelo lada da Comissão da Califórnia, não é de hoje que Dan Foster tem comprado a briga por Jones. O presidente da  foi o mesmo que participou da audiência que reintegrou e restabeleceu Jon, de forma unânime, para lutar. Foster, como vimos, ainda disse que a USADA e outros especialistas não tem condições de informar se metabólitos de substâncias proibidas encontrados são originados de 2017 ou se são de novo uso da droga. Eles simplesmente estão torcendo para que Jones esteja contando a verdade! O metabólito está lá, em quantidade maior do que em suspensões dadas a outros atletas e mesmo assim, estão liberando Jones para lutar. A intenção de Foster é clara: atrair cada vez mais público e oportunidades para o seu Estado.

Saber que um PH.D e Presidente de um laboratório WADA, David Eichner, deu entrevista em 2016 dizendo q o tempo máximo de um matebólito são de “meses”, temos que aceitar que Jones esta com este metabólito há mais de 1 ano e meio? Piada. É uma decisão que irá abrir precedentes e “pano pra manga”. Dana deveria assumir o prejuízo de um card sem Jones e no mínimo avaliar melhor a situação, isto traria segurança para todos os lutadores. Dana assumiu um enorme risco e, na nossa opinião, poderá sofrer consequências inesperadas das ações que escolheu.

E na opinião de vocês galera? Jones é inocente? Dana agiu corretamente? Comente abaixo. Até a próxima!

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

"Nada é mais verdadeiro do que números. Números dizem tudo. Números não tem opinião pessoal, apenas a verdade nua e crua."

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

error: We love you