Conecte-se

Inscreva-se

Mãe Dináh Inside – Previsão do futuro dos meio-pesados 1

Opinião

Mãe Dináh Inside – Previsão do futuro dos meio-pesados

Thiago Marreta tem umas sequências mais improváveis dentro do UFC e agora ele merece sua chance. Será ele o primeiro a derrotar Jon Jones?

É inegável que o brasileiro Thiago Marreta está voando dentro do UFC e merece uma disputa de cinturão logo no próximo confronto.

É uma das reviravoltas mais incríveis da história desse esporte, o homem que foi eliminado no TUF Brasil pelo fraquíssimo Willian Patolino que nem está mais na organização, hoje ocupa a segunda colocação de lutadores com mais nocautes na história do UFC empatado com Anderson Silva com 11 nocautes e atrás apenas de Vitor Belfort que tem 12, ele muito provavelmente quebrará esse recorde pois tem apenas 35 anos, ainda é jovem e tem muita lenha para queimar na carreira.

O próximo adversário do brasileiro provavelmente sairá do confronto entre Jon “Bones” Jones e Anthony Smith, o brasileiro ainda soltou essa no final do seu combate contra Blachowicz: “se for o Smith, eu o vencerei novamente e se for Jon Jones, vou chocar o mundo”. Então vamos às minhas previsões para o futuro da categoria dos meio pesados.

Jon Jones deve vencer com extrema facilidade Anthony Smith, não dou mais que dois minutos para o fim desse confronto com o Jon levando para baixo e acabando com a luta no ground and pound.

Thiago Marreta deve enfrentar Jon Jones por volta de julho ou agosto e também deverá ser derrotado com facilidade pelo americano, não que Marreta ou Smith sejam ruins, eles não são e estão longe disso, mas Jon Jones é um animal diferente, não o vejo passar perrengue contra nenhum lutador nem dos meio pesados e nem dos pesados, deve dominar as duas categorias com muita tranquilidade pois trata-se do lutador mais completo que esse esporte já viu. Jones não parecer ter pontos fracos, quando enfim é acertado parece ter queixo de concreto, nunca balançou para nenhum adversário e mesmo tendo engolido tantos golpes duros do sueco Alexander Gustaffson, nem sequer balançou no combate.

Após vencer Thiago Marreta, Jon deverá enfrentar Walker que pelo andar da carruagem vai chegar ao fim de 2019 com direito a uma disputa de título na categoria e também será mais uma luta tranquila para o americano, somando os três possíveis embates, não vejo nem dois rounds. Jon deve bater Smith no ground and pound, marreta por finalização e Walker também por finalização.

No começo de 2020, “Bones” deverá subir para os pesados e Marreta será o novo campeão dos meio pesados do UFC.

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

English EN Portuguese PT Russian RU Spanish ES
error: We love you