Conecte-se

Inscreva-se

manny-pacquiao-controla-adrien-broner-e-abre-possibilidades-pra-2019

Boxe

Manny Pacquiao controla Adrien Broner e abre possibilidades pra 2019

‘Pacman’ faz luta relativamente tranquila e pede por Floyd Mayweather.

manny-pacquiao-controla-adrien-broner-e-abre-possibilidades-pra-2019

Em sua luta de retorno aos Estados Unidos, Manny Pacquiao controlou Adrien Broner para levar pra casa uma tranquila decisão unânime e reter o seu cinturão neste último sábado (20) em Las Vegas. Foi a vitória de número 61 na carreira do astro filipino.

Pacquiao deixou Broner totalmente sem opções pela maioria dos rounds do combate, superando o americano por muito no volume de golpes. A luta nos fez lembrar do Pacquiao de antigamente e não do Pacquiao “antigo” (rs), onde o filipino dominou Broner com seu jab, fazendo com que o americano ficasse incapaz de soltar seus próprios golpes. O americano passou boa parte do tempo se movendo pra longa distância, se defendendo nas cordas e tentando fazer o tempo passar. “The Problem” já foi campeão de 4 divisões diferentes, mas estava irreconhecível até mesmo para os seus padrões. Vale lembrar que Broner foi dominado em algumas das lutas mais importantes que fez na carreira, especialmente contra Mikey Garcia e Shawn Porter.

Pacquiao se manteve fiel à sua estratégia de atacar o corpo e conectou um total de 47 golpes no corpo de Broner. Além disso o filipino lançou um total de 371 jabs, conectando 30, contra somente 115 de Broner, conectando 11. No final, Pacquiao levou pra casa uma decisão unânime 117-111, 116-112 e 116-112. Curioso que alguns juízes conseguiram ver 4 rounds para Broner, sendo que ao meu ver, Broner só superou Pacquiao no 4º assalto. Ao final da luta o americano chegou até a levantar os braços como se tivesse vencido, mas acredito que ele mesmo sabia que não andou nem perto de sair com a vitória.

Com a vitória, Pacquiao abre porta para uma revanche contra Floyd Mayweather, revanche essa que quase ninguém deseja que aconteça, mas se acontecer irá assistir. Ao que tudo indica a Showtime já trabalha com uma data para essa possível revanche: 14 de setembro. Mayweather, que estava presente, negou-se a comentar sobre essa revanche quando perguntado sobre o assunto. Caso Mayweather recuse-se a sair de sua aposentadoria, é possível que a Showtime marque Manny Pacquiao vs o vencedor de Errol Spence vs Mikey Garcia, sendo que qualquer um dos dois seria favorito contra Pacquiao.

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

"Nada é mais verdadeiro do que números. Números dizem tudo. Números não tem opinião pessoal, apenas a verdade nua e crua."

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

error: We love you