Conecte-se

Inscreva-se

Os últimos passos de Amanda Nunes no UFC 1

Rumores

Os últimos passos de Amanda Nunes no UFC

É certo que o prestígio de Amanda Nunes está em alta. Incerto, apenas os próximos passos daquela que se tornou a 1ª mulher a deter 2 títulos simultaneamente.

Desde que estreou no UFC, em 2013, Nunes sofreu uma derrota: para Cat Zingano. No peso-galo, a brasileira enfrentou 6 atletas até provar estar à altura da disputa pelo cinturão. No UFC 200, desbancou Miesha Tate, tornando-se a 1ª brasileira a se consagrar campeã do UFC.

Enquanto dona do cinturão, a “Leoa” conseguiu defender seu território de Ronda Rousey, Valentina Shevchenko (por duas vezes) e Raquel Pennington. Porém, a atleta quis ir além e almejou o título da divisão acima. Então, em dezembro de 2018, o inesperado aconteceu. Chris Cyborg foi ao chão, teve sua invencibilidade ceifada e passou sua coroa para a compatriota. Amanda Nunes saiu do octógono como a 1ª mulher campeã dupla da organização.

O que esperar agora de Amanda? A atleta da American Top Team, que já especulou uma aposentaria, pode retornar ao peso-galo e defender o título contra Holly Holm ou oferecer uma revanche à Cyborg. A disponibilidade de Amanda Nunes junto à sua ousadia dão margem à uma série de possibilidades a serem dispostas. E, se depender de Dan Lambert, dono da ATT, sua atleta não abrirá mão dos 2 cinturões: peso-galo e peso-pena.

Cara, ela percorreu um longo caminho, não há dúvida. Acho que o plano para Amanda é voltar aos 61,2 kg. Essa divisão está parada há algum tempo. Defenda esse título. Eu gostaria de vê-la defender os dois cinturões. Poucas pessoas se tornam ‘Champ-Champs’, ninguém defendeu dois cinturões ao mesmo tempo. Então, gostaria de vê-la ir até 61,2 kg. Ela colocou uma foto na rede social tentando entrar em um jeans apertado com um pouco de esforço e disse ‘vou voltar para 61,2 kg para a próxima luta“, disse Lambert durante entrevista para a Radio BJPENN.

A estratégia de Dan passa pela divisão dos galos e retorna aos penas: “Então, espero que que ela volte aos 61,2 kg, defenda com sucesso e então, talvez, uma revanche com Chris Cyborg. Se isso estiver nos cards, se não ela talvez ela defenda contra outra pessoa, não sei. Mas eu realmente gostaria de vê-la defender ambos os cinturões. Sim, isso seria uma grande coisa para ela. Seria ótimo para a equipe. Acho que isso seria bom para esse esporte ver alguém fazer isso”.

Por enquanto, Amanda Nunes continua treinando. A “Leoa” dupla campeã mantém-se preparada para qualquer que seja seu próximo desafio.

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

Jornalista e Produtor de Eventos pela MMA Inside. "Não tente ser bem-sucedido, tente antes ser um homem de valor"

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

error: We love you