Conecte-se

Inscreva-se

Palpites UFC 237 1

Opinião

Palpites UFC 237

Disputa de cinturão peso palha feminina e duas lendas brasileiras dando seus últimos passos no evento animam o sábado de MMA.

Peso palha feminino: Rose Namajunas (c) vs Jéssica Andrade Gustavo Silva

A luta feminina mais aguardada depois de Cris Cyborg x Amanda Nunes, Jessica “bate estaca” Andrade enfrenta Rose Namajunas pelo cinturão peso palha do UFC neste sábado no UFC 237 onde fazem a luta principal do evento.

A brasileira teve outrora a chance de colocar a peça dourada mais desejada do mundo na cintura quando enfrentou a polonesa Joanna Jedrzejczyk e perdeu por decisão unanime. De lá para cá, algumas coisas mudaram e uma delas foi a detentora do cinturão da categoria, Joanna perdeu para Namajunas por nocaute e teve revanche imediata, perdendo novamente, desta vez por decisão dos juízes. Durante esse tempo a brasileira voltou a subir os degraus vencendo três lutas consecutivas sendo elas a apresentação de gala contra a também brasileira Claudinha Gadelha, uma apresentação bastante dominante contra a americana Tecia Torres e um nocaute espetacular logo no começo do combate contra a polonesa Karolina Kowalkiewicz conquistando assim o direito de disputar mais uma vez o título da categoria.

Já o caminho trilhado pela americana Rose Namajunas até chegar ao cinturão foi um relâmpago já que vinha de uma derrota e uma vitória em suas duas últimas lutas antes da disputa pelo título e relâmpago também foi seu nocaute em cima da até então invencível Joanna Jedrzejczyk quando venceu por nocaute aos 3 minutos do primeiro round.

Jessica não era favorita quando teve sua primeira disputa de título já que Joanna detém uma defesa de queda quase que intransponível e controla como poucas a luta em pé, mas contra Rose a história pode ser outra. Apesar de ter evoluído bastante e ter uma técnica apuradíssima na luta em pé, a americana não é tão difícil quanto a polonesa para ser levada ao solo e é ai que o jogo da brasileira pode funcionar, mas claro, todo cuidado é pouco já que a dona do cinturão tem um jiu jitsu refinado. Trata-se de um combate muito parelho, mas a favorita é a desafiante ao titulo, Jessica Andrade e dou 55% para ela, deve vencer por decisão unanime, acreditando que seu wrestling e força física farão a diferença.

Aposta: Jéssica Andrade por decisão unânime

Peso médio: Jared Cannonier vs Anderson Silva Gustavo Silva

O interminável e um dos maiores lutadores de MMA que já existiu, Anderson “Spider” Silva estará de volta ao octógono mais famoso do planeta após apenas 3 meses de sua última luta onde foi derrotado, porem aplaudido em sua luta contra o nigeriano Israel Adesanya no UFC 234. Silva vai enfrentar o americano Jared Cannonier que não é um grande lutador e ainda não vive uma boa fase já que vem de duas derrotas nas ultimas três lutas, mas venceu seu último combate por nocaute técnico sobre David Branch no UFC 230, mesmo sendo zebra, e parece ser um lutador muito forte nos médios, tendo em vista que já lutou até como peso pesado.

Se essa luta ocorresse na época áurea do Spider, ela talvez duraria segundos até que o brasileiro nocauteasse com tranquilidade o americano, a diferença entre os dois é abissal, não há comparação em termos técnicos, mas hoje do alto de seus 44 anos e já encaminhando para aposentadoria, “Spider” já não é mais o mesmo em termos físicos, mas a pitada de gênio e de lutador mais habilidoso que já existiu ainda está ali como vimos em sua última luta contra aquele que hoje é campeão interino dos médios. Spider entretanto vem parecendo hesitante em lançar golpes em suas últimas lutas e seus reflexos não parecem mais ser os mesmos.

Cannonier é um lutador que preza pela luta em pé, o que de certa forma é um bom casamento para Anderson Silva, um dos maiores strikers de todos os tempos. O americano é muito mais forte fisicamente, mas em toda a carreira o que Anderson mais fez foi derrotar adversários muito mais fortes. Curiosamente o brasileiro é zebra nas casas de apostas para este combate.

Talvez hoje essa não seja uma luta tão fácil como seria há alguns anos atrás, mas Anderson Silva ainda é favorito, só muda a margem, ela sai de 100% para 65% de favoritismo ao meu ver. A aposta é Anderson Silva por nocaute no segundo assalto.

Aposta: Anderson Silva por TKO

Peso pena: José Aldo Júnior vs Alexander Volkanovski Gustavo Silva

E o brasileiro José Aldo Jr parece estar mesmo louco para cumprir seu contrato com o UFC já que estará de volta ao octógono neste sábado 11/05 apenas 3 meses após seu ultimo combate quando enfrentou e venceu por nocaute o também brasileiro Renato Moicano (02 de fevereiro), desta vez o adversário vem do outro lado do mundo, o australiano Alexander Volkanovski no UFC 237. “O grande” como é conhecido o lutador de 1.68m de altura lutou pela última vez contra Chad Mendes em dezembro do ano passado quando venceu o americano por nocaute no segundo assalto após tomar um tremendo sufoco e quase ter sido nocauteado.

Volkanovski vem de uma série impressionante de 16 vitorias consecutivas sendo 6 delas dentro da maior organização de MMA do planeta e enfrenta um José Aldo que por mais que tenha sido derrotado duas vezes por Max Holloway, é ainda para muitos o maior peso pena de todos os tempos e tirando suas derrotas para o campeão da categoria Max Holloway e o ex campeão da categoria e agora peso leve Conor Mcgregor, o brasileiro continua aniquilando todos adversários que passam pelo caminho, não à toa nesse tempo de “má fase” venceu 3 tops da categoria sendo eles, Frankie Edgar, Jeremy Stephens e Renato Moicano. Vale lembrar que José Aldo vem parecendo cada vez mais invencível em lutas de 3 rounds e parece estar cada vez mais forte fisicamente.

O australiano tem um ótimo nível de wrestling e detém um dos ground and pounds mais brutais da categoria, mas isso dificilmente será uma arma a ser usada contra o brasileiro já que ele é praticamente “inquedável” e ainda é faixa preta de jiu-jitsu, então Volkanovski terá que fazer se jogo em pé e ele tem um ótimo nível nessa área também, tem mãos rápidas e pesadíssimas além de ser um lutador bastante intenso que costuma encurralar seus adversários na grade onde desfere um vasto arsenal de golpes os levando na maioria das vezes ao nocaute. Já vimos nas duas lutas contra Max Holloway que o brasileiro não se da tão bem quando é encurralado e “o grande” pode usar isto ao seu favor, esperar o cansaço de José Aldo para no segundo assalto imprimir seu ritmo frenético para tentar buscar o nocaute.

Para o brasileiro a estratégia deve ser tentar levar a luta por pontos como fez em sua ultima luta contra Frank Edgar onde foi bastante estratégico, não correu grandes riscos e passou todo combate batendo e saindo, é o que deve ser feito nesta noite já que é o lutador mais técnico e mais experiente. Aldo não pode ir com muita sede ao pote já que é exatamente esse o jogo do seu oponente, que ama uma boa “briga de bar”. Se fizer isso é pedir para ser nocauteado e dar tudo de bandeja para o australiano, o melhor a se fazer é bater e sair, chutar muito a linha de cintura além de soltar sem pena os chutes baixos e caso apareça uma brecha aí sim tentar nocautear, que foi o que o brasileiro fez com Renato Moicano.

Sem dúvida alguma o favorito é o brasileiro José Aldo Jr que ao contrario do que muita gente diz, ainda está no auge e continua sendo um artista marcial formidável, apenas encontrou dois lutadores melhores (Conor e Max) o que é normal em qualquer segmento na vida, você vai encontrar mais cedo ou mais tarde alguém que lhe supere e José Aldo encontrou, mas continua em seu auge técnico e físico, deve passar por mais esse combate via decisão unanime.

Aposta: José Aldo por decisão unânime

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

Temo o dia em que a tecnologiaáa ultrapassar a interatividade humana fazendo o mundo criar uma geracao de idiotas.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

error: We love you