Conecte-se

Inscreva-se

Shawn Porter defende seu cinturão contra Yordenis Ugas 1

Boxe

Shawn Porter defende seu cinturão contra Yordenis Ugas

Shawn Porter fará sua primeira defesa do cinturão da WBC dos meio médios contra o talentoso Yordenis Ugas.

Depois de uma pequena “pausa” sem disputas importantes de cinturão no boxe, teremos finalmente uma luta por título de primeira grandeza. Shawn Porter defenderá hoje seu cinturão dos meio médios da WBC contra o cubano Yordenis Ugas. Será a primeira defesa de cinturão de Porter, que conquistou o título após derrotar Danny Garcia em uma tranquila decisão.

Porter, 31 anos, destro, é um dos maiores astros da divisão dos meio médios, que já é lotada de talentos, como Errol Spence Jr., Terrence Crawford, Keith Thurman e também Manny Pacquiao, que está sempre por perto. Porter já foi detentor de outro cinturão de primeira importância na categoria dos meio médios, o cinturão da IBF em 2013. O americano é detentor de um cartel de 32 lutas, 29 vitórias, 2 derrotas e um empate. De suas vitórias, 17 foram por nocaute. As duas únicas derrotas de Porter foram pra grandes boxeadores, ambos considerados melhores que ele à altura: Kell Brook e Keith Thurman. Em seu histórico recente, Porter vem de três vitórias, sendo suas duas últimas por decisões em que ele controlou a maior parte do combate. Porter sempre falou de si mesmo como um “nocauteador”, mas ele não vem mostrando isso nos últimos combates, nocauteando somente 2 de seus sétimos últimos adversários.

Yordenis Ugas, 32 anos, destro, é um boxeador condecorado em sua carreira amadora, tendo conseguido uma medalha de bronze em Pequim (2008) e o ouro no Pan-americano do Rio de Janeiro (2007). Dadas essas credenciais na carreira amadora, vocês já devem saber que Ugas tem muita técnica. O cubano possui um sólido cartel de 23 vitórias e 3 derrotas, sendo 11 vitórias por nocaute. Ugas chegou à disputa de cinturão, mas não enfrentou o que a divisão tem de melhor e teve derrotas “feias” contra Amir Iman e Emmanuel Robles, o que faz com que se suspeite das chances dele nessa luta.

Porter é um lutador que gosta de trabalhar na curta distância e tem bastante técnica pra fazer isso. Entretanto, ele não vem sendo capaz de nocautear seus oponentes, o que faz com que toda luta seja uma caixinha de surpresas, tal qual aconteceu com Adrien Broner, quando Porter dominou o combate inteiro, mas sofreu um knockdown no 12º assalto. Ugas, como a maioria dos boxeadores olímpicos, tem bastante técnica, mas não tem potência e quando pressionado tende a mostrar todos os seus defeitos. Pressionar é algo que Porter gosta de fazer, então as chances estão contra Ugas nesse combate. Tudo ocorrendo no seu “normal”, Porter deverá levar essa luta por decisão unânime, mas ele deveria buscar o nocaute para provar para os outros cachorros grandes da divisão, em especial Errol Spence Jr. que ele é perigoso em todas as áreas do jogo.

Hoje também teremos disputa de cinturão entre Dimitry Bivol e Joe Smith Jr., que disputarão o cinturão da WBA dos meio pesados.

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

Repórter e Colunista da seção "O Veredito" pela MMA Inside."Aquele que hesita está perdido."

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

English EN Portuguese PT Russian RU Spanish ES
error: We love you