Conecte-se

Inscreva-se

TJ Dillashaw é condenado pela USADA a dois anos de suspensão fora dos palcos do UFC 1

Internacional

TJ Dillashaw é condenado pela USADA a dois anos de suspensão fora dos palcos do UFC

Tj Dillashaw cai na malha-fina da USADA e é condenado sem direito a justificativa por uso de drogas especificamente desenvolvidas para aumentar o rendimento cardio-respiratório.

O ex-campeão peso-galo do UFC, T.J. Dillashaw, aceitou uma suspensão de dois anos após testar positivo para eritropoietina humana recombinante (rHuEPO), de acordo com o anúncio da Agência Antidoping americana (USADA) nesta terça-feira.

A suspensão de Dillashaw é retroativa à data de seu teste em competição de 18 de janeiro, o que significa que ele será elegível para lutar somente em 18 de janeiro de 2021. O teste positivo de EPO deriva de sua tentativa fracassada de obter o título de peso-mosca de Henry Cejudo no UFC na ESPN+.

Três semanas atrás, Dillashaw, de 33 anos, anunciou que tinha sido  noticiado com uma descoberta adversa e renunciou ao título do peso-galo do UFC. A Comissão Atlética do Estado de Nova York, que regulamentou o UFC na ESPN+, confirmou mais tarde uma suspensão de um ano e uma multa de 10 mil dólares ao campeão deposto, embora não tenha revelado a substância para a qual ele testou positivo. Dillashaw expressou desapontamento com a descoberta adversa, mas ele não negou explicitamente o uso de alguma substância proibida.

O UFC desde então registrou uma luta entre Hennry Cejudo e o candidato número 1 do peso galo Marlon Moraes pelo título de 66kg vago, que acontecerá no dia 8 de junho pelo UFC 238.

Segundo a declaração da USADA, o rHuEPO é um hormônio sintético usado para estimular a produção de células vermelhas do sangue pelo corpo, aumentando assim o transporte de oxigênio e a potência aeróbica. Está na classe de hormônios peptídicos, fatores de crescimento, substâncias relacionadas e miméticos e é banido em todo e  qualquer tipo de situação, sem ponderar justificativas.

“Todos nós sabemos que as pressões para vencer em todos os níveis de todos os esportes são reais e intensas”, disse o CEO da USADA, Travis T. Tygart, em comunicado. “É exatamente por isso que são necessários fortes esforços antidoping para proteger os direitos, a saúde e a segurança dos atletas limpos e garantir que aqueles que sucumbirem a essas pressões e decidirem violar as regras sejam responsabilizados de maneira real e significativa. maneira, como neste caso.

Dillashaw não se pronunciou publicamente desde que sua suspensão foi confirmada.

Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

Escrito Por

"Nada é mais verdadeiro do que números. Números dizem tudo. Números não tem opinião pessoal, apenas a verdade nua e crua."

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conectar
Fique por dentro!

Sabia de todas as novidades e promoções

error: We love you